Gravidez PSICOLÓGICA

Gravidez Psicológica

O Que é Gravidez Psicológica?


A gravidez psicológica pode ser mais sério do que imaginamos. Não é simplesmente aquele medo de estar grávida e sentir alguns poucos sintomas. A mulher passa por transtornos onde o organismo responde totalmente como o de uma mulher grávida, podendo ter todos os sintomas e até dores normais que aparecem durante uma gravidez normal.

Sintomas da Gravidez Psicológica

O principal são os sintomas normais de gravidez como enjoo e dores nos seios, ausência de menstruação, ganho de peso. Em casos mais sérios, a mulher passa a sentir até a movimentação do feto, mesmo sem ter nenhum feto de verdade.
Existem casos ainda onde a mulher com a falsa gravidez pode causar uma barriga de mentira.


Porque Acontece e Até Quando Dura?

Gravidez psicológica acontece por dois motivos opostos. Ela pode aparecer tanto em mulheres que desejam muito ter filho como também naquelas que não querem ter filhos. O desejo ou o medo torna-se tão intenso que afeta todo o psicológico da mulher causando no aparecimento de todos os sintomas de uma gravidez de verdade.
Mas apesar desses serem os dois principais motivos que levam a uma gravidez psicológica, diversos outros motivos podem levar ao ocorrido. O psicológico feminino é um mundo que ainda não foi totalmente desvendado e existe uma forte ligação entre esse psicológico e os hormônios produzidos naturalmente por todas elas. A união desses dois fatores pode levar mulheres a cometerem ações sem previsão alguma do que realmente seja verdade ou mentira.
A gravidez psicológica pode ser facilmente desvendada ou chegar ate casos como citamos antes, de mulheres entrarem em trabalho de parto e serem internadas. A diferença entre os mais fortes e os mais fracos indícios de gravidez psicológica está no acompanhamento. Aos companheiros, é aconselhável sempre acompanhar a mulher em exames e até mesmo exigir que estes sejam feitos. Muitas mulheres fogem de médicos ou forjam consultas médicas durante a gravidez.

A Hora da Verdade e Terapia

Nem sempre é necessário fazer um tratamento com psicólogo ou psiquiatra nesse caso, mas recomenda-se.
O acompanhamento de um profissional pode ser importante para a falsa grávida pois a ajudará a descobrir e lidar com a situação que causou a gravidez psicológica. Lidando com a situação de uma forma mais suave e nada direta.

Algumas mulheres tem plena consciência do problema e que sofrem de tal disfunção mas algumas não. Estas últimas podem sofrer de outros distúrbios psicológicos se a falsa gravidez não for corretamente desmentida.
O tratamento para casos mais sérios é feito com sessões de terapia e medicamento, o médico não imediatamente tira a gravidez da vida da mulher, mas a encaminha a descobrir que o que ela sente naquele momento, não são sintomas de uma criança que vai nascer. Apenas o desejo ou o medo de tê-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...